sábado, 10 de novembro de 2012

O Brasil sob as regras do Pacto Colonial


Também chamado exclusivo comercial metropolitano, que foi um sistema pelo qual os países da Europa que possuíam colônias na América, mantinham o monopólio da importação das matérias-primas mais lucrativas dessas possessões, bem como da exportação de bens de consumo para as respectivas colônias por esse motivo o Portugal teve de fazer essas leis chamadas de Pacto Colonial. O pacto colonial inclui obediência política, ou seja, as leis a serem obedecidas deviam ser as mesmas leis da metrópole correspondente à colônia. O objetivo das autoridades reais era garantir que as atividades econômicas da colônia gerassem lucros para a metrópole.

  • A crise do antigo Sistema Colonial

Juntamente integrada com o conjunto das Revoluções Burguesas, do século XVIII, está a Revolução Industrial, que foi iniciada na Inglaterra, se tornando responsáveis pela crise do antigo regime, na passagem do capitalismo comercial para o industrial. Outros dois importantes movimentos que a acompanham são a Independência dos Estados Unidos e a Revolução Francesa que, sob influência dos princípios iluministas, assinalam a transição da Idade Moderna para a Idade Contemporânea. Portanto o capitalismo seria um produto da revolução industrial e não sua causa.No Brasil a crise do sistema colonial ficou marcada por contestações diversas que comprovam as aspirações de liberdade dos brasileiros. Entre as revoltas destacam-se as Conjurações Mineira e Baiana, estas sofrendo influências diretas dos movimentos revolucionários ocorridos na Europa, juntamente com a Independência das 13 Colônias (EUA).

  • O Brasil se torna sede do Reino Português

No início do século XIX, a Europa vivia uma grave crise política e militar. De um lado, o grande exército francês de Napoleão dominava o continente. De outro, a Inglaterra, com sua enorme armada, era a senhora dos mares. No meio desses dois gigantes esta Portugal, economicamente pobre, apesar de suas inúmeras colônias.
Quando o imperador francês decretou o Bloqueio Continental, o governo luso viu-se num dilema. Por um lado, submeter-se as bloqueio e romper com a Inglaterra significava expor as colônias portuguesas ao poderio naval britânico. Por outro lado, desacatar a ordem de Napoleão resultaria na invasão de Portugal pelas tropas francesas.
O governo luso vacilava. Enquanto isso, as tropas francesas se posicionavam na fronteira espanhola, aguardando instruções para invadir Portugal. Em outubro de 1807, negociações secretas entre os reinos português e britânico acertaram a transferência da família real para o Brasil, escoltada pela esquadra inglesa.
A decisão de transferir a corte para o Brasil já vinha sendo preparada havia alguns meses. Mesmo assim, a partida foi tumultuada. As notícias da invasão francesa provocaram pânico na família real e nos fidalgos portugueses, que desesperadamente procuraram um lugar nos navios.
No dia 29 de novembro, a família real, acompanhada de aproximadamente 10 mil pessoas, partiu do porto de Belém, em Lisboa, como destino ao Brasil. Nos navios, partiram também joias, louças, mapas, arquivos oficiais e moedas. Na pressa, pratarias valiosas e caixotes de livros da Real Biblioteca foram esquecidos no porto, e só foram trazidos alguns anos depois.

Um comentário:

Small Cute Pink Grey Outline Pointer